terça-feira, 10 de março de 2015

El Calafate-Argentina: roteiro e dicas úteis

Já pensou em navegar entre icebergs e contemplar enormes geleiras ao pé de montanhas? Observar estarrecido o desprendimento de gelo e escutar o barulho dos imensos blocos gelados caindo na água? E fazer um trekking sobre uma geleira? Todas essas experiências pudemos vivenciar em El Calafate, numa viagem inesquecível.
Perito Moreno
El Calafate, capital nacional dos Glaciares, é uma cidade da Patagônia Argentina que fica na Província de Santa Cruz, conhecida especialmente por seus imponentes glaciares, com destaque para o Perito Moreno. Com pouco mais de 20 mil habitantes, fica às margens do belíssimo Lago Argentino e ostenta paisagens incríveis!

El Calafate

O nome da cidade se deve ao arbusto Berberis microphylla, abundante na região, e que produz um fruto pequeno chamado calafate, com o qual são feitas geléias, doces, licores e sorvetes. 
Berberis microphylla
Quando ir

Visitamos El Calafate em Março de 2015, e reservamos quatro dias para conhecer o local e realizar os principais passeios. Era época de verão, portanto, as temperaturas eram um pouco amenas, cerca de 10-15 graus, mas eventualmente, os fortes ventos diminuíam a sensação térmica. Além disso, os dias são mais longos no verão (anoitece por volta das 21h), o que permite mais tempo para fazer os passeios.

Definitivamente, a melhor época para viajar é no verão, entre os meses de dezembro e março, pois o inverno é bastante rigoroso com temperaturas muito baixas e porque nesta época alguns passeios não são realizados.

Como chegar

A melhor forma de chegar a El Calafate é de avião. Fica distante cerca de 3h de Buenos Aires, e empresas como Aerolíneas Argentinas, LAN e TAM realizam o vôo. Viajamos pela Aerolíneas Argentinas e gostamos da empresa. Muitos reclamam de atrasos e alterações de voos. De fato, nossos voos foram alterados algumas vezes, mas fomos avisados com antecedência por email. 

Outra forma de chegar é através de carro, pela famosa Rota 40 (que percorre o país de norte a sul, passando por toda Patagônia), ou ônibus, alternativa mais barata, embora mais lenta.  

El Calafate
Transfer do aeroporto

Na área de desembarque do Aeroporto Internacional de El Calafate há empresas de transfer e táxi para a cidade. Fechamos com a Vespatagonia (aeroporto-hotel: AR$ 100 ou aeroporto-hotel-aeroporto: AR$ 170) e gostamos do serviço. 

Hospedagem

A cidade possui uma boa rede hoteleira, com hotéis e pousadas localizados tanto no centro como em áreas mais distantes, o que não se torna um problema já que, neste último caso, alguns hotéis disponibilizam serviço de transfer para a avenida principal, a Avenida del Libertador Gral. San Martín.

Ficamos hospedados no Alto Calafate, perto da entrada da cidade, numa região mais alta e distante do centro (5 a 10 min). O hotel possui excelentes instalações (inclusive com sala de musculação e piscina térmica), restaurante próprio (Barlovento), ótimo café da manhã com vista para o Lago Argentino, e alguns quartos também possuem vista para o lago. Ainda, há disponibilidade de serviço de transfer em horários fixos para o centro. Os funcionários são muito simpáticos e prestativos. 
Vista do Hotel Alto Calafate
Vista do quarto do Hotel Alto Calafate
Vista do Hotel Alto Calafate
Piscina térmica do Hotel Alto Calafate
Hotel Alto Calafate
Centro da cidade

Na rua principal, a Avenida del Libertador Gral. San Martín, ficam as praças, restaurantes, agências de turismo, lojas de souvenirs, feiras de artesanatos, hospedagens e centro de informações. 
Avenida del Libertador
Avenida del Libertador
Câmbio

A maioria dos restaurantes, lojas e hotéis aceita real, dólar e euro. O câmbio varia de lugar para lugar, e é mais vantajoso, em alguns casos, realizar o câmbio diretamente nas lojas, restaurantes e agência de turismo do que no banco ou casas de câmbio. Algumas lojas de souvenirs fazem câmbio paralelo a boas cotações. 

Agências de Turismo

Utilizamos os serviços de três agências de turismo, todas localizadas na Avenida del Libertador: Hielo y Aventura, para o passeio ao Glaciar Perito Moreno e minitrekking; Solo Patagonia, que realiza o passeio Rios de Hielo (antes conhecido como Todos os Glaciares); e Criollos, para fazer o bate-volta a El Chaltén. A experiência com as três empresas foi muito boa, sem problemas a relatar. Recebemos a indicação também da empresa Viva Patagônia para fazer o passeio à Estância Cristina, mas não realizamos pois já estava lotado. 
Hielo y Aventura
Restaurantes

El Calafate é bem servida de restaurantes e possui uma boa culinária, famosa pelos cordeiros Patagônicos. Não deixe de provar, também, a truta e o sorvete e geléia de calafate, fruta da região. 

Casimiro Biguá - fica na rua principal. Excelente atendimento e ótimo cordeiro patagônico! 
Casimiro Biguá
Restaurante Mi Viejo - fica na rua principal. Gostamos do atendimento, mas o cordeiro patagônico e o bife de chorizo não estavam bons. Embora não tenhamos ficado satisfeitos, observamos que o restaurante estava sempre lotado. 

Sorveteria e Chocolates Ovejitas de la Patagonia - na rua principal. Não deixe de provar os chocolates! É possível montar caixinhas com diversos sabores para levar. Há também muitas opções de sorvete, e o diferencial é o sorvete de calafate, fruta típica da região e que dá nome à cidade. 
Ovejitas de la Patagonia
Ovejitas de la Patagonia
Ovejitas de la Patagonia
La Lechuza - também na rua principal. Provamos e aprovamos a empanada de carne, o bife patagônico e a truta. 

Casablanca - na rua principal, ótimo custo benefício. Jantamos a pizza de lagostim e estava deliciosa. 
Casablanca
Principais passeios

Os principais passeios em El Calafate são a visita ao Parque Nacional dos Glaciares, com destaque para o Glaciar Perito Moreno com minitrekking (curto) ou Big Ice (longo); o Rios de Hielo, navegação pelo Lago Argentino para avistar Icebergs e Glaciares; Estância Cristina, que consiste em navegação no braço norte do Lago Argentino e um trekking para um mirante do Glaciar Upsala; e Cerro Frías 4x4, um belíssimo passeio de contemplação por meio de lagos, bosques e estepes.  
Glaciar Perito Moreno
Iceberg no passeio Rios de Hielo
Na rua principal há um centro de informações (segunda a segunda, 14-20h) e locais onde é possível alugar bicicletas para pedalar à beira do belíssimo Lago Argentino, observar os flamingos na Reserva Laguna Nimez, visitar praças e mirantes. 
Lago Argentino
Lago Argentino
Lago Argentino
Anfiteatro del Bosque
Anfiteatro del Bosque
Avenida del Libertador

Também é possível ir ao Glaciarium, um centro de interpretação de glaciares; e ao Glacio Bar (bar de gelo), ambos no mesmo local, a 6km do centro.  Há uma van gratuita que sai a cada hora do centro de informações de El Calafate. 
Glaciarium
Destinos próximos a El Calafate: El Chaltén, Torres del Paine e Ushuaia.

A partir de El Calafate você pode conhecer El Chaltén (212 Km), Torres del Paine, no Chile (210 Km) e Ushuaia, na Terra do Fogo, Argentina.

Optamos por fazer o bate-volta a El Chaltén, onde conhecemos o centro e fizemos um trekking na montanha até o Glaciar Vespignani, a partir do Lago del Desierto. Gostamos do passeio, mas o ideal é reservar pelo menos uns 3 dias para ficar lá, devido à distância e também porque há muitas opções de trekking na região. (Aguardem próximos posts)

É possível ir de ônibus a El Chaltén (as compras das passagens podem ser feitas também através da empresa Cal Tur), com saídas diárias do terminal de El Calafate, ou realizar um bate-volta com alguma agência de turismo, que foi o nosso caso. 


Recebemos a indicação de fazer este passeio com a empresa Viva Patagônia, mas eles não tinham disponibilidade no dia que queríamos, portanto, optamos pela empresa Criollos e ficamos satisfeitos. 

Também há passeios de bate-volta para Torres del Paine, no Chile, mas o ideal é se hospedar lá, devido à distância e porque há muitas opções de trekking.

Saindo de El Calafate, seguimos viagem para Ushuaia, cidade mais austral do mundo, conhecida como fim do mundo, onde permanecemos 6 dias. Viajamos pela Aerolíneas Argentinas e o voo entre ambas durou apenas 1h, mas há a opção também de carro ou ônibus. 
Ushuaia
Roteiro de 5 dias em El Calafate

1º dia: chegada (15h), transfer com a empresa Vespatagonia, check in no Hotel Alto Calafate, transfer para o centro, ida às agências de turismo para fechar os passeios dos próximos dias.

2º dia: Passeio ao Glaciar Perito Moreno e minitrekking, a 78Km do centro de El Calafate (dia inteiro, 10-19:30h); (confira aqui)
Glaciar Perito Moreno
Minitrekking no Glaciar Perito Moreno
3º dia: Passeio Rios de Hielo (07:15 - 15:30h) e Glaciarium (18-20h); (confira aqui)
Glaciar Spegazzini
4º dia: Bate-volta para El Chaltén (dia inteiro, 8-20h)(confira aqui)
Lago del Desierto
5º dia: transfer para o aeroporto com a empresa Vespatagonia, ida para Ushuaia(Aguardem próximos posts)
Ushuaia
Nos próximos posts vamos abordar cada passeio que fizemos, e contar em detalhes nossas experiências. Continue acompanhando! ;)

Posts Relacionados: 

El Calafate-Argentina: Glaciar Perito Moreno e Minitrekking
El Calafate-Argentina: Rios de Hielo e Glaciarium  
El Chaltén: Argentina

               

          

32 comentários:

  1. Belas dicas! Em junho fecham os lugares por causa do frio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Charlley!! Muito obrigada. A época mais indicada para ir a El Calafate é o verão, quando é possível realizar todos os passeios já que as condições climáticas são menos instáveis. O Parque Nacional Los Glaciares, onde fica o Glaciar Perito Moreno, está aberto o ano todo, entretanto, o Minitrekking sobre o glaciar só funciona entre os meses de Agosto e Maio; e o Big Ice, entre os meses de Setembro e Abril. Já o passeio Rios de Hielo, antes mais conhecido como Todos os Glaciares, pelo que vi relatos em outros blog, opera também no inverno, mas fica sujeito às condições climáticas (há épocas de muito vento na região). No passeio que fizemos no verão, fazia bastante frio do lado de fora do barco, especialmente quando havia mais vento e o tempo estava nublado. A cidade tenta adaptar outros passeios para o inverno também, mas o verão termina sendo a melhor época para conseguir fazer todos os passeios. Espero que tenha ajudado. Em breve vamos colocar posts sobre Ushuaia, Argentina, que também fomos no verão, mas que há opções de passeios também no inverno, alguns adaptados e outros que só se faz nos meses mais frios mesmo. ;)

      Excluir
  2. Boa tarde!!! Adorei o post... Estou indo para Ushuaia e El Calafate em Setembro... Já fiz várias pesquisas.. mas enfim, o post ajudou bastante também com relação aos passeios ;) Mas uma curiosidade, qual é o valor médio, em R$ dos passeios? Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe-nos a demora para responder. Pela sua mensagem vejo que já realizou a viagem. Espero que tenha curtido bastante! Infelizmente não pudemos responder a tempo.

      Excluir
    2. olá..vi que sua duvida é a minha tambem...estou pensando em ir em nov/17..os gastos são grandes?

      Excluir
    3. Os principais passeios em El Calafate possuem preços razoáveis, como a visita ao Glaciar Perito Moreno e o passeio Rios de Hielo. Mas há outros passeios, como algumas Estâncias privadas que costumam cobrar um pouco mais caro. Os passeios em Ushuaia também possuem valores razoáveis e alguns podem ser feitos por conta própria, o que sai bem mais em conta. ;)

      Excluir
  3. Olá Amigos !!!! Estou indo com minha esposa e filhos (2 e 11) em Novembro… Pelo que vi… Meu pequeno não poderá pisar no gelo de Perito Moreno, já que li que é a partir de 10 anos… Ou poderá ??? Alguém tem alguma dica para eu poder coloca-los em contato direto com o gelo ou a neve ??? (estarei em Ushuaia Tb)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, César. Tudo bom? De fato existe limitação de idade, conforme a empresa Hielo y Aventura, responsável pelo trekking no glaciar Perito Moreno, que varia de 10 a 65 anos. Mas o passeio pela plataforma de observação já é belíssimo e permite ter uma noção da grandiosidade do glaciar. Se tiver sorte, é possível ainda ver desprendimentos de gelo que produzem um barulho enorme! No passeio Rios de Hielo, também em El Calafate, também é possível observar enormes blocos de gelo. Em nosso passeio, dois funcionários do barco içaram um bloco de gelo e colocaram dentro do barco para os turistas tirarem fotos. Quanto a Ushuaia, novembro já não é mais inverno, então fica difícil estimar neve nesta época, mas há um passeio para o Glaciar Martial, que fica a uma caminhada moderada- é uma subida através de uma antiga estação de esqui pública-, onde é possível chegar até o gelo. Bem, se você estará com a família em novembro, recomendo a Pinguinera Terrestre, realizada pela empresa Piratour, a única que realiza o passeio na região. Entre outubro e abril, eles te levam a uma ilha que, embora não tenha neve, está repleta de pinguins, onde é possível chegar bem próximo e tirar fotos incríveis. Confira nosso post: http://cadalugarumadica.blogspot.com.br/2015/06/ushuaia-argentina-lobos-marinhos.html. Espero ter ajudado. ;)

      Excluir
  4. Olá Beth !!!!
    De verdade !!!! Muito obrigado pelas orientações e principalmente pelo detalhamento... Creia que me foi muito útil...
    Iremos no Glaciar Martial e quem sabe damos sorte de ter uma "nevinha" lá, pois eu e meus filhos nunca tivemos este contato com a Neve (minha mulher já...)...
    Seguirei suas dicas !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, César! Fico feliz em ajudar! Apenas para complementar e esclarecer, o Glaciar Martial em Ushuaia é mais acessível, apesar da caminhada moderada. Então, checa antes a disposição das crianças, pois se trata de uma subida. Lá em cima do Glaciar não é bem neve, mas gelo mesmo. De qualquer forma, garanto que vocês farão uma viagem incrível. As paisagens em El Calafate e Ushuaia são realmente lindas. Em El Calafate vocês ficarão deslumbrados com a grandiosidade das geleiras. E em Ushuaia, com a paisagem de montanhas com picos nevados, a bela vegetação do Parque Nacional e os famosos pinguins, leões marinhos e cormorões. Não é período de neve, mas certamente vocês vão curtir muito. Boa viagem e qualquer dúvida, estamos por aqui! ;)

      Excluir
  5. Obrigado pelas dicas e pela riqueza dos relatos. Estou programando essa viragem à patagônia para o verão, mas tenho dúvidas em relação aos dias em cada cidade. Vc acha 5 noites ideal para ficar em Ushuaia? E em El Calafate, quantos dias VC sugere? Pelo seu roteiro foram 4 noites, é o suficiente? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denilson. Essa quantidade de dias é suficiente sim para fazer os principais passeios da região! Mas há outras opções de passeios, então, se você conseguir ficar mais dias, ótimo! Entretanto, achamos suficiente os dias que passamos! Esperamos ter ajudado. Desculpe a demora para responder. Boa viagem!!! ;)

      Excluir
  6. Olá!Vamos duas pessoas para El Calafate e Ushuaia em novembro. Vou ficar quatro dias em cada uma delas.Conseguem me dizer qual a média atual de valores dos passeios de cada cidade? Compensa comprar online ou melhor comprar lá? Incluindo os passeios, qual montante de reais acham suficientes para duas pessoas (exceto hospedagem)? Agradeço muito as dicas desse post. Foram e continuarão sendo muito úteis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe-nos a demora para responder. Pela sua mensagem vejo que já realizou a viagem. Espero que tenha curtido bastante! Infelizmente não pudemos responder a tempo.

      Excluir
  7. Tenho férias em Julho e gostaira de ir a el calafate. O que acha dessa estação? Quais passeios não são feitos neste período? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Milena! Tudo bom? A época mais indicada para ir a El Calafate é o verão, quando é possível realizar todos os passeios já que as condições climáticas são menos instáveis. O Parque Nacional Los Glaciares, onde fica o Glaciar Perito Moreno, está aberto o ano todo, entretanto, o Minitrekking sobre o glaciar só funciona entre os meses de Agosto e Maio; e o Big Ice, entre os meses de Setembro e Abril. Já o passeio Rios de Hielo, antes mais conhecido como Todos os Glaciares, pelo que vi relatos em outros blogs, opera também no inverno, mas fica sujeito às condições climáticas (há épocas de muito vento na região). No passeio que fizemos no verão, fazia bastante frio do lado de fora do barco, especialmente quando havia mais vento e o tempo estava nublado. A cidade tenta adaptar outros passeios para o inverno também, mas o verão termina sendo a melhor época para conseguir fazer todos os passeios. Espero que tenha ajudado!

      Excluir
  8. Ótima postagem!! Adorei as dicas, principalmente as dicas de agencias locais, isso ajuda muito na programação.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Silvia. Ficamos felizes em poder ajudar.

      Excluir
  9. Muito bom todos os detalhes. Vou para el calafate em setembro mas só teremos dois dias inteiros lá. Vamos realizar o minitrekking no primeiro dia e estamos em dúvida do que fazer no segundo. Rios de Hielo ou 1 dia em el chalten?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Nós indicamos como segunda opção de passeio em El Calafate o Rios de Hielo. É um passeio imperdível. El Chaltén também é um lugar fantástico, mas ideal para ficar mais tempo. Se vais a El Calafate, tenta usufruir o máximo de lá, já que tens apenas dois dias inteiros. ;)

      Excluir
  10. Adorei o roteiro, em janeiro estaremos na região por 10 dias, gostaria de saber se é necessário alugar carro, na sua viagem como fizeram a locomoção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Não alugamos carro na região. Muitos hotéis e pousadas fazem o transporte dos hóspedes para a avenida principal de El Calafate em horários específicos, o que facilita bastante a locomoção. A cidade não é grande, e as lojas e restaurantes se concentram em uma avenida principal e ruas adjacentes. Esperamos ter ajudado. Obrigada.

      Excluir
  11. Boa tarde!

    Excelente roteiro!!! Pegarei algumas dicas!!!
    Mas... Sou Atleta de Stand Up Paddle e pretendo expandir minhas remadas às águas de El Calafate. Você sabe se há alguma restrição em relação às águas dos lagos da região?

    Abs,
    Felipe Castro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Felipe!! Desculpe-nos a demora para responder. Realmente esta informação não sabemos te passar. Aconselho entrar em contato com alguma agência local para uma informação precisa. ;)

      Excluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Respostas
    1. Olá, Kely! Desculpe-nos a demora para responder. Seria mais indicado enviar e-mail para a empresa que tens interesse em realizar o passeio para que informem os valores atualizados. Ao longo dos posts sobre El Calafate (são três posts), especificamos as empresas que contratamos para realizar os passeios. ;)

      Excluir
  14. olá..o que indica, El Calafate ou Ushuaia? penso em ir em out ou nov/17. mas estou em duvida entre os dois destinos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Os dois locais são excelentes, mas Ushuaia possui mais passeios do que El Calafate. Por outro lado, Indo a El Calafate, você pode fazer turismo em outras cidades relativamente próximas como El Chaltén, Argentina; e Torres del Paine, Chile. ;)

      Excluir
  15. Olá, estou pensando em ir a El Calafate em dezembro e gostaria de saber se vocês avistaram focas, baleias ou outros animais em algum desses passeios que fizeram?
    Obrigado.
    Flávio

    ResponderExcluir
  16. Olá, estou indo para El Calafate em dezembro e gostaria de saber quais animais você viram nos passeios que fizeram por lá? Sabe se têm pontos de pescaria de trutas lá perto? Obrigado. Flávio

    ResponderExcluir
  17. Ola,
    Poderia informar o preço para o passeio de barco nos Ríos de Hielo?
    Obrigada!!

    ResponderExcluir